quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Psiquê

O reflexo inverso de meus pensamentos no corpo de mulher.

Enquanto eu tento construir conceitos dignos de serem levados a sério ela me tenta a desconstrução do meu ser, teima em contrapor minhas lógicas, flerta com meus olhos, insulta minha objetividade e inevitavelmente me faz cair em tentação. Eu praguejaria sua existência se não me fossem tão vitais suas tolas contradições.

-
“Se quer tamanho vou te inspirar alma
E afogar a calma salivando um beijo teu
Siga a seta e diga que sou seu”

Um comentário:

  1. Psique. Um berço de poesia em prosaversocanção. Adoro escutar o som do meu teclado enquanto escrevo em algum local interessante desse mundinho da internetê. São poucos, os que tem, algum conteúdo para expor por aqui. O excesso de informação inútil impera nesse mundo absurdo de mouses e ctrl+CCtrlv. Onde sobra lixo, ver brotar uma flor é irresistívelmente apaixonante.

    Aparecerei mais vezes por cá.
    Não acorde bela adormecida.
    Se acordares, quebráras teu encanto.

    Beijo.

    ResponderExcluir